A MATA NEGRA

A MATA NEGRA (BRASIL)


Rodrigo Aragão - 100’ (Brasil) - CF - Terror - v.o. port. /leg. port.


Uma jovem que vive na floresta enfrenta os demónios, os espíritos do outro mundo, mortos que ressuscitam e, sobretudo, um pregador que a demoniza. Na posse de um livro de encantamentos, a jovem vai tentar sobreviver aos ataques de todos, e ao mesmo tempo recuperar um saco de moedas de ouro que encontrou. 

Uma grande produção com Carol Aragão, Jackson Antunes e Francisco Gaspar, cheia de efeitos especiais da autoria do próprio realizador, Rodrigo Aragão, que tem já vários filmes do fantástico selecionados para o Fantaspoa e Festival de Sitges. 


  • PAINTING LIFE (BRASIL)


    Um hino à protecção do ambiente. Uma equipa de rodagem liderada por um realizador de Bollywood de sucesso chega a uma aldeia remota nos Himalaias para filmar uma sequência de dança e música.

  • PROSPECT (BRASIL)


    Este é um excelente exemplo do cinema independente americano. Uma adolescente e o pai vão a uma lua remota e tóxica, esperando encontrar riqueza para a vida, descobrindo um grande depósito de gemas valiosas e raras. Mas não estão sós. Com excelentes críticas do Variety e Hollywood Reporter, com Sophie Thatcher e Pedro Pascal, este filme foi selecionado para os festivais de Seattle e Denver.

  • KUYA WES (BRASIL)


    Kuya Wes é um tímido e honesto empregado de uma empresa bancária que se apaixona por uma cliente, Erika, que se encontra em dificuldades financeiras.