BHOY INTSIK - INTERNATIONAL PREMIERE

BHOY INTSIK - INTERNATIONAL PREMIERE (FIL)


Joel Lamangan, 107’ - Filipinas (Drama) - SR - v.o. leg. ingl./leg. port. - INTERNATIONAL PREMIERE 

 

Vindo das Filipinas, um exemplo pujante da qualidade emergente desta cinematografia. A história de um travesti nas ruas da cidade de Manila, à procura da humanidade que lhe foge. Prémio do Público do Festival de Manila.


  • NOVEMBER - ANTESTREIA (FIL)


    PRÉMIO ESPECIAL DO JURI E MELHOR FOTOGRAFIA C. FANTASTICO - O principal problema dos aldeões é sobreviver ao duro, longo, frio e escuro Inverno. E para conseguir sobreviver vale tudo, nada é tabu.

  • THE BUTCHER, THE WHORE AND THE ONE-EYED MAN (FIL)


    Mais um brilhante exemplo do cinema húngaro. O lento declínio dos homens, mergulhando num mundo de pecado e mal-dizer em que um triângulo amoroso vai mostrar aspectos inesperados e truculentos. Do realizador de “Opium: Diary of a Mad Woman”, Prémio de Realização no Fantasporto em 2008, e “Woyseck”, vencedor do Prémio Europeu de Jovem Filme do Ano. Selecção dos festivais de Ghent e Haifa.

  • GRANDE PRÉMIO - LES AFFAMÈS (FIL)


    Numa pequena e remota aldeia do Quebec, os habitantes locais sofreram terríveis modificações e de repente viraram-se contra as pessoas que mais amavam. Do cineasta canadiano Robin Aubert (“Saint Martyrs des Damnés”, foi Prémio de Melhor Realizador no Fantasporto 2006), este filme foi considerado Melhor Filme do Canadá no Festival de Toronto. Teve ainda prémios também em Montreal e em Madrid.